• CPI que investiga violência contra a mulher é prorrogada

    A comissão parlamentar de inquérito que investiga a violência praticada contra as mulheres, aprovou dia 18 de fevereiro, o requerimento que prorroga o funcionamento da CPI por mais 60 dias. Com isso, o prazo final para aprovação do relatório passa a ser 24/4/2014.

    Segundo a deputada  Analice Fernandes, membro da CPI, a comissão ainda não cumpriu integralmente sua programação de trabalho, faltando ainda ouvir os depoimentos de várias pessoas envolvidas no seu objeto e debater a questão com mais profundidade e minúcia.

    Mulheres convidadas

    O presidente da Comissão, deputado Fernando Capez também pôs em pauta o convite para serem ouvidas pela comissão: a juíza Maria Domitila Manssur, titular da 16ª Vara Criminal Central e membro da Coordenadoria Estadual da Mulher em situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário do Estado de São Paulo (Comesp); e a representante da ONG Elas por Elas, que atua no combate e prevenção a violência contra as mulheres. A presença de ambas também foi aprovada pela comissão.

    Participaram da reunião, além dos deputados citados, Ed Thomas (PSB), Heroilma Tavares (PTB) e Ulysses Tassinari (PV).

Mais | Notícias | Todas Cidades | NOTÍCIAS