• Deputada Analice enaltece investimentos na ETEC de Fernandópolis

    Analice parabeniza Alckmin por investimentos em ETEC

    “Quero parabenizar o governador Geraldo Alckmin e o prefeito Villar por mais esta importante conquista para Fernandópolis e para o nosso Estado”, disse a deputada Analice Fernandes referindo-se as obras de reforma e ampliação da Etec Paula Souza e da IncubaTec, a 1ª Incubadora de Tecnologia de Informação do Estado.

    A Etec Paula Souza de Fernandópolis está recebendo investimentos de R$ 10 milhões do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Fernandópolis. Com a ampliação, a Etec Fernandópolis terá 2.000m² de área construída para sala de aulas e quatro pavilhões. As melhorias vão permitir que a Etec dobre o tamanho da escola e a capacidade do número de alunos que, atualmente, é de 800.

    Entre as novidades da Administração Luiz Vilar está a conquista do curso de “Operação e Manutenção de Máquinas Agrícolas e Agricultura de Precisão”, direcionado ao setor agroenergético, fundamental no contexto sucroenergético brasileiro. Dois novos cursos técnicos, de Administração e Contabilidade, também são oferecidos na Escola Carlos Barozzi, no Bairro Brasilândia.

    Deputada Analice enaltece investimentos na ETEC de Fernandópolis

    A Etec Fernandópolis também oferece os cursos de Açúcar e Álcool, Administração, Contabilidade, Especialização Java, Informática, Informática para Internet, Marketing, Secretariado, Técnico Jurídico e Ensino Médio.

    A IncubaTec Fernandópolis será a 1ª Incubadora de Tecnologia de Informação do Estado. A obra recebe investimentos de R$ 850 mil – sendo R$ 730 mil do Estado e R$ 120 mil da Prefeitura.

    A IncubaTec está sendo construída na ETEC com bloco de 350m², sendo o térreo com 180m² e o superior com 170m².

    O pavimento térreo terá os seguintes ambientes: hall de entrada, recepção, sanitários (m asculino, feminino e para deficiente físico), três salas de aula, Centro de Processamento de Dados, copa, elevador para deficiente físico e área de circulação.

    Já o piso superior terá salas de reunião, gerência, sanitários (masculino e feminino), três salas de aula, almoxarifado e área de circulação.
     

Mais | Jales | Todas Cidades | NOTÍCIAS