• IMG_0688

      Deputada Analice explica projeto de Lei para educação inclusiva.

    • IMG_0698

      Deputada Analice explica projeto de Lei para educação inclusiva.

    Deputada Analice apresenta Projeto de Lei para educação inclusiva

    Inspirada pelo trabalho realizado pela educação inclusiva na prefeitura de Taboão da Serra, a deputada Analice Fernandes apresentou o Projeto de Lei 348/2019 que determina que as Escolas Estaduais devem fazer um acompanhamento mais elaborado do aluno com necessidades especiais, escriturando suas capacidades e necessidades, para que esta documentação possa acompanhá-lo na possível mudança de escola ou mesmo quando ele for promovido para o Ensino Médio.

    “Este Plano Educacional Individual – o PEI, com análises e pareceres dos professores e profissionais da saúde, deve seguir com o aluno. Para que a próxima escola tenha um panorama mais próximo do real sobre as características do aluno que ela está recebendo”, explica a deputada Analice.

    O PL foi apresentado no final de março. “Em Taboão da Serra os alunos com necessidades especiais já possuem o Plano o que é ótimo para o acompanhamento do desenvolvimento do aluno”, explica a deputada.

    Analice avalia que o Estado também precisa melhorar o acolhimento que é feito ao aluno especial, quando ele vem da rede pública municipal e tem que fazer a transição.

    “Ocorre um grande problema quando os alunos com necessidades especiais tem que sair da rede municipal e ingressar na rede estadual, no Fundamental II, foi pensando em minimizar este problema, que a secretaria de Educação de Taboão desenvolveu este Plano, que é uma espécie de dossiê do aluno especial, toda uma documentação feita pelos professores e por técnicos da área da saúde, que descreve o nível de desenvolvimento deste aluno, suas potencialidades e necessidades”, explica a deputada.

    As escolas estaduais de Taboão, quando recebem o aluno da rede pública municipal, recebem também o Plano Educacional Individualizado, o que facilita a inclusão. O que Analice pretende com a Lei, é que a rede estadual também possa continuar elaborando o Plano.

    Segundo a parlamentar, Taboão acaba de inaugurar uma sede para o CREI – Centro de Referência de Educação Inclusiva, com a primeira escola pública bilíngue da região. “Os alunos aprendem também em libras. O Centro é formado por profissionais que dão apoio para a educação inclusiva em toda a rede”, contou a deputada.

Mais | Notícias | Todas Cidades | NOTÍCIAS