• O presidente do DER, Clodoaldo, a deputada Analice Fernandes e o secretário de Transportes, Saulo de Castro

    Deputada Analice defende Porto em Rubinéia

    O governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Transportes, está formatando um plano para aumentar a capacidade das hidrovias do Estado, principalmente a do rio Tiête e Piracicaba que corta o Estado.

    O projeto será em breve lançado pelo governador Geraldo Alckmin, assim que os técnicos da Secretaria tenham finalizado os detalhes da operação, que quer garantir navegabilidade durante o ano todo com competitividade das hidrovias, ou seja, abaixando-se os custos para o transporte de cargas.

    O projeto prevê alargamento dos pilares, dragagens e construção de eclusas para a eliminação dos gargalos que impedem ou dificultam a navegação de grandes embarcações. Para em um segundo momento, previsto para 2013 iniciar o processo de construção de portos de pequeno porte, para o transporte de cargas.

    O presidente do DER, Clodoaldo, a deputada Analice Fernandes e o  secretário de Transportes, Saulo de Castro

    O Governo prevê a construção de pelo menos um porto no estremo noroeste do Estado. “O porto pode ficar em Rubinéia, Ilha Solteira ou Pereira Barreto em um estudo preliminar da Secretaria. Fomos levar nossa solicitação para que Rubinéia seja o município escolhido. Acreditamos que ela terá condições necessárias para atender o projeto”, acredita a deputada Analice.

    Segundo o diretor do Departamento Hidroviário, o engenheiro Tércio Carvalho, a secretaria fará um estudo de atração de cargas para determinar o local mais adequado para a instalação do porto, que poderá ser em Rubinéia.

    Os recursos para a obra, orçada em 1 bilhão, virão dos governos do Estado de São Paulo e do governo Federal. Segundo Tércio, o benefício deste projeto será para toda a Nação e não apenas para o Estado de São Paulo.

Mais | Notícias | Todas Cidades | NOTÍCIAS