• Deputada Analice Fernandes toma posse e preside sessão de votação da presidência

    A deputada jalesense Analice Fernandes, PSDB, tomou posse para o seu quinto mandato consecutivo e na sequência presidiu a sessão de votação da presidência da Assembleia, dia 15 de março.  A nova legislatura conta com representantes de 24 partidos e uma nova força política sendo representada pelo PSL que elegeu 15 deputados, a maior bancada da Casa. A eleição não pôde ser chamada de tranquila.

    Com experiência, bom senso e autoridade a deputada Analice conduziu sem maiores sobressaltos a sessão que deu a vitória a Cauê Macris, PSDB, que obteve 70 votos, contra 16 da deputada Janaína Pascoal. A 1ª secretaria ficou com o deputado Ênio Tato, PT, a 2ª secretaria com Milton Leite Filho, DEM, 1º vice Gilmaci Santos, PRB, 2º vice Ricardo Madalena, PR.

    Analice Fernandes que foi a segunda mais votada em Jales, afirmou que “as mulheres do Estado podem esperar de mim um papel ativo na luta contra a violência. Nós já temos 4 importantes Leis aprovadas, tenho outros dois projetos de Lei neste sentido, e trabalharei para a regulamentação da Lei Tempo de Despertar no Estado, porque ela trabalha com a prevenção, com o público que comete a agressão, ou seja, os homens”, argumentou.

    Na área da enfermagem a parlamentar pontuou quatro Projetos de Lei para aprovar, e um veto para para derrubar –  o do PL 347 das 30 horas da enfermagem.

    “Vou trabalhar para termos um Estado mais enxuto e resolutivo, que possa se concentrar nas ações de saúde, educação e dar impulso aos programas de infraestrutura como caminho para que São Paulo continue sendo o Estado mais pujante do nosso País”, disse a deputada declarando seu apoio a privatização de empresas estaduais.

    “O Estado tem que se concentrar em melhorar a qualidade do Ensino Médio, tanto no regular, quanto com a criação de mais ETECs que hoje, somam 15% do total do ensino médio oferecido”, afirmou a deputada.

    A deputada reafirmou seu total apoio ao governo no combate à violência com a valorização e instrumentalização das Polícias Civil e Militar.

    “Estas são as linhas mais gerais do meu posicionamento e trabalho como deputada, porém eu também atuo em uma linha específica regional, e nesse sentido continuarei direcionando minhas emendas para os municípios que represento, como  a região de Jales, no noroeste paulista e no sudoeste da região metropolitana de São Paulo, além de trabalhar para que programas estes municípios sejam atendidos pelos programas governamentais”, afirma a deputada.

Mais | Notícias | Todas Cidades | NOTÍCIAS