• Deputada faz defesa do SUS e pede aumento de repasse

    Deputada faz defesa do SUS e pede aumento de repasse

    A reunião da Comissão de Saúde, nesta terça, dia 25, foi especialmente convocada para discutir estratégias para a defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) em São Paulo. O movimento de paralisação dos médicos em todo o país também obteve espaço.

    Os deputados que participaram do evento foram unânimes em reconhecer a necessidade de medidas que possam conter a saída dos médicos do serviço público e o agravamento dos problemas na assistência oferecida à população.

    Deputada faz defesa do SUS e pede aumento de repasse

    O ponto destacado pela deputada Analice foi a necessidade do aumento da remuneração da tabela SUS. “A tabela SUS é o principal financiador do sistema de saúde, se ela se mantém inalterada, não há como Estados e Municípios arcarem com toda essa defasagem orçamentária. É preciso melhorar as gestões, e aumentar os investimentos”, disse a deputada Analice.

    Houve divergência, no entanto, quanto à ênfase dada à remuneração dos profissionais de saúde no Estado de São Paulo.

    Para Celso Giglio e Analice Fernandes, não apenas o governo estadual, mas também o federal pagam baixos salários. Ambos falaram, por exemplo, do caso dos vencimentos dos servidores do Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (Inamps).

    Críticas aos vencimentos dos médicos em São Paulo e ao subfinanciamento do SUS foram feitas também por Renato Azevedo Júnior, presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, e Florisval Meinão, presidente da Associação Paulista de Medicina (APM).

Mais | Saúde e Enfermagem | Todas Cidades | NOTÍCIAS