• PL 339/2009 – Dá a denominação de “Escola Estadual Osvaldo Ramos” à Escola Estadual de Dirce Reis

    A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECRETA:

    Artigo 1º –     Passa a denominar-se “Osvaldo Ramos” a Escola Estadual de Dirce Reis, em Dirce Reis.

    Artigo 2º-     Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

    JUSTIFICATIVA

    O homenageado Osvaldo Ramos, nasceu em 8 de junho de 1933, em Cedral – Estado de São Paulo, partiu com sua família, em 1961, para o então distrito de Dirce Reis, tornando-se um dos grandes pioneiros da fundação de Dirce Reis.

    Em 1962, passou a fazer parte do quadro de funcionários da pequena escolinha chamada “Grupo Escolar de Vila Dirce Reis” como funcionário público estadual dedicando todo o empenho aos alunos e a escola. Informa-se que à época, a escola era desprovida de recursos físicos e financeiros, sendo que a a água tomada pelos alunos(puxada manualmente de um poço), corte de lenha (para a merenda feita no fogão a  lenha)  e a manutenção da limpeza e conservação da escola eram trabalhos diários feitos com carinho pelo Sr. Osvaldo Ramos.

    Entre as conquistas alcançadas pelo homenageado, pode-se citar a primeira merenda – leite em pó – conseguida  junto ao Município de São Francisco, formação da horta e os primeiros livros para a biblioteca.

    Iniciou, então, sua atuação política junto a região lutando pela emancipação do Município de São Francisco e Dirce Reis, sendo vereador por 5 vezes, trazendo energia elétrica e o 1º telefone para o distrito, além da água encanada, lagoa de tratamento e asfalto.

    Incansável em seu percurso, conseguiu junto aos órgãos centrais a verba necessária para a construção da escola, recebendo do próprio Governador do Estado a assinatura do Convênio, trabalhou pela instalação da 5ª e 8ª série e após o Ensino Médio, luta esta de grande necessidade da comunidade local.

    Permaneceu como funcionário público na Escola Estadual de Dirce Reis por 32 anos recebendo sua aposentadoria em novembro 1991. Mesmo após a aposentadoria continuou participando das atividades escolares como testemunha viva da História do Município, ministrando palestras, entrevistas e integrou os projetos da Escola Estadual de Dirce Reis, mantendo vínculo com os professores e alunado.

    Sua última participação na vida da escola foi em setembro de 2001, como elemento central do Projeto Pedagógico “Viagem ao Túnel do Tempo – resgate Histórico” onde atuou dando entrevistas, palestras, conversando com alunos e oferecendo materiais históricos para o enriquecimento pedagógico, Projeto este considerado de grande contribuição e influência na aprendizagem dos alunos.
    Osvaldo Ramos marcou até 12 de janeiro de 2002, ocasião de seu falecimento, a história não só do Município de Dirce Reis, mas, sobretudo, da Escola Estadual de Dirce Reis.

    Assim, ao contemplar o pedido de uma comunidade em nominar a Escola Estadual de Dirce Reis é fazer uma justa homenagem a um ilustre cidadão que se dedicava não só a sua profissão e que fez do seu ofício uma missão, onde empenhava não apenas seu conhecimento, mas seu amor e carinho, mas também com o bem público ao dedicar seus trabalhos comunitários à coletividade de Dirce Reis.

    Desta forma, conclamo os nobres pares no sentido de conferir apoio à aprovação do Projeto de Lei em epígrafe, por tratar-se da mais clara e sincera forma de homenagear, conferindo o justo reconhecimento aos préstimos exercidos pelo Senhor Osvaldo Ramos junto à comunidade de Dirce Reis.

    Sala das Sessões, em 11-5-2009

    a)  Analice Fernandes – PSDB
     

Mais | Projetos de Lei | PROPOSITURAS