• Pauta sobre irregularidades em hospital lota o auditório da comissão de saúde

    Comissão de saúde investiga fraude em hospital

    A deputada Analice Fernandes participou da comissão de saúde, que ocorreu no dia 13 de março. Logo no início dos trabalhos da comissão a deputada voltou a falar que, o governo federal deveria investir mais na saúde do Estado, e pediu aumento da tabela SUS.

    A comissão que teve a presença do diretor do hospital do câncer de Mogi das Cruzes, Flávio Isaías Rodrigues foi aberta para que os deputados pudessem ouvir as explicações do diretor do hospital, sobre as denúncias que constam no relatório de auditoria feito pela Secretaria de Estado da Saúde, publicadas pelo jornal Folha de S.Paulo.

    Pauta sobre irregularidades em hospital lota o auditório da comissão de saúde

    Segundo o documento, o hospital lesou a rede pública em cerca de R$ 20 milhões. Rodrigues que negou irregularidades na administração da unidade, citou também que o hospital é referência no tratamento oncológico da região, e garantiu que as denúncias feitas eram totalmente incabíveis.

    O relatório publicado pela Folha também apontou que entre as irregularidades estariam a cobrança em dinheiro de pacientes atendidos pelo SUS, faturas incompatíveis com o atendimento prestado e tratamentos experimentais feitos sem a autorização dos doentes. Todo o corpo de diretores setoriais negaram as denúncias.

    O diretor clínico chegou apresentar documentos que contradizem o relatório da auditoria da Secretaria da Saúde, mas os deputados vão aguardar por uma análise mais profunda dos documentos para emitir uma opinião.
     

Mais | Saúde e Enfermagem | Todas Cidades | NOTÍCIAS