• Deputada Analice Fernandes preside sessão solene no Dia Estadual de Combate ao Câncer de Mama

    A Assembléia Legislativa realizou sessão solene, solicitada pela deputada Analice Fernandes (PSDB), com o objetivo de comemorar o Dia Estadual de Combate ao Câncer de Mama, no último dia 14 de maio. Analice Fernandes enalteceu a luta travada pelos voluntários e por todos aqueles envolvidos no combate ao câncer de mama e lembrou do mutirão da mamografia a ser realizado pela Secretaria de Estado da Saúde, participaram da sessão representantes de entidades que estão empenhadas na prevenção e no combate à doença.

    O presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia – regional São Paulo, Carlos Ruiz, salientou a necessidade de que se unam esforços para incrementar a acessibilidade aos tratamentos. Segundo ele, há atualmente drogas que combatem com grande eficácia o câncer de mama, mas poucas mulheres podem delas se favorecer em decorrência dos altos custos. Os exames básicos também muitas vezes ficam inacessíveis, impossibilitando a detecção precoce do problema, única forma de se atingir a cura.

    A mastologista Gladys Aníbal enfatizou a importância do auto-exame da mama, fundamental para o diagnóstico da doença. A educação básica, portanto, é o caminho para se atingir tal objetivo.

    Certificados foram entregues aos alunos do curso de voluntariado oferecido pela União Nacional de Combate ao Câncer (Unaccam) realizado anualmente na Assembléia Legislativa. Nise Taniguchi, da Associação Brasileira de Cuidados Paliativos, parabenizou os alunos do curso que considera de grande qualidade técnica. Ermantina Ramos, a Tininha, presidente da Unaccam, convidou todos os interessados a participarem do curso. “Nosso trabalho tem feito a diferença”, comentou.
    Empresas de “grande espírito de responsabilidade social” foram lembradas pela presidente do Instituto Neo Mama da Prevenção e Combate ao Câncer da Mama, Gilze Maria Costa Francisco, que também citou a falta de acessibilidade aos tratamentos pelas pacientes do SUS e a necessidade de que tal situação seja revertida.
    Luiz Henrique Gebrin, diretor do Hospital Pérola Byington, falou como representante do secretário de Saúde, Luiz Antonio Barradas Barata. Descreveu os programas de combate ao câncer de mama que estão sendo desenvolvidos pelo Estado, destacando o pronto-socorro de mama implementado no Pérola Byington, em que os médicos estão aptos a responder em duas horas se o nódulo é maligno. Ainda assim, afirmou, é necessário que haja maior acesso e resolutividade para que um número cada vez maior de mulheres possa se beneficiar dos tratamentos existentes.

Mais | Notícias | Todas Cidades | NOTÍCIAS