• Deputada Analice Fernandes quer levar Corpo de Bombeiros para Taboão

    O secretário de Segurança Pública, Antonio Ferreira Neto recebeu a deputada Analice Fernandes para uma audiência com os representantes das empresas e indústrias taboanenses para discutir a implantação do Corpo de Bombeiros em Taboão, dia 23 de junho.

    Analice e empresários se reúnem com secretário de Segurança Pública

    “Eu fiz questão de trazer os empresários para que o secretário possa ouvir de um setor importante da sociedade as necessidades para a instalação do Corpo de Bombeiros em Taboão”, afirmou a deputada Analice. Participaram da audiência o presidente das Indústrias do Sudoeste de São Paulo, Alcides Santos, os representantes da Sandoz, Regis Mello, da Rentank, José Samezina, da ACE, Maria de Lourdes e Sheyla Lima.

    A deputada solicitou do Estado à construção da sede para o Corpo de Bombeiros, além de equipamentos e efetivo. Segundo Analice já existe uma lei municipal que doa um terreno a Fazenda do Estado para esta finalidade.

    Para o presidente das Indústrias do Sudoeste de São Paulo, Alcides Santos, a concentração de indústrias químicas e empresas, além da densidade populacional justificam a necessidade da instalação do Corpo de Bombeiros em Taboão.

    Atualmente, o posto mais perto fica em Itapecerica da Serra, sendo que para o atendimento de ocorrências mais importantes é preciso que o Corpo de Bombeiros de Cotia ou do Butatã se desloquem para Taboão.

    Os empresários se prontificaram a dar uma colaboração financeira no valor de R$ 180.000,00. A obra teria um custo estimado de R$ 580.000,00.

    O secretário de Segurança levará o caso para análise tendo se prontificado a fazer uma nova reunião para tratar sobre o assunto em agosto.


    Maior população da região fica em Taboão
    Taboão tem uma população de 225.400 habitantes, distribuídos em 20 km quadrados, por estar fora da área de mananciais, Taboão é a única que tem alvará para o funcionamento de indústrias de produtos químicos, entre elas Norvatis, Sherwin Williams, Huntsman, Libbs, Giroflex, Solvay, Atoteh e Cinpal.

    Taboão conta com um repasse do Estado previsto para R$ 47 milhões em 2009.

Mais | Notícias | Todas Cidades | NOTÍCIAS