• Documento emitido pela Secretaria de Desenvolvimento a prefeitura de Taboão da Serra, descredenciando a cidade a receber a Fatec e Etec

    FATEC e ETEC para Taboão uma luta NOSSA

    A instalação de uma FATEC e ETEC em Taboão é um dos objetivos da deputada Analice Fernandes

    “Desde o inicio de nosso mandato tenho me empenhado pessoalmente para que a FATEC e a ETEC possam ser instaladas em Taboão da Serra” disse.

    A deputada Analice encaminhou indicações na Assembléia Legislativa e fez uma solicitação formal na Secretaria de Desenvolvimento, responsável pela implantação da FATEC e ETEC, além de ter proposto emendas ao orçamento do Estado, tanto para a FATEC e ETEC em Taboão da Serra, quanto para o Centro Paula Souza. O governador José Serra autorizou a implantação da FATEC e da ETEC em Taboão da Serra, em 2008.

    Taboão foi a única cidade a conseguir do governo do Estado autorização para implantação de uma Faculdade e uma Escola Técnica de uma só vez.

    Para que o governo do Estado pudesse fazer estes investimentos caberia a prefeitura de Taboão fornecer o local, para sua instalação. O governo do Estado reforma, equipa e contrata funcionários e professores para os cursos, além de se responsabilizar pelo custeio de todo funcionamento das escolas.


    Prefeitura de Taboão não deu o prédio

    Infelizmente, a prefeitura de Taboão da Serra não deu o prédio para que a ETEC ou a FATEC pudessem funcionar. Mas a deputada Analice continua na luta para a instalação dessas unidades.

    “Infelizmente nós precisávamos da parceria da prefeitura, mas parece que ensino técnico gratuito e de qualidade não é prioridade para o prefeito municipal”, afirma a deputada Analice.


    Documento oficial  comprova desinteresse da prefeitura de Taboão da Serra em ter uma ETEC e FATEC

    Documento emitido pela Secretaria de Desenvolvimento a prefeitura de Taboão da Serra, descredenciando a cidade a receber a Fatec e Etec


    Passo a Passo

    2006 Deputada Analice e governador José Serra apresentam como proposta de campanha a instalação de uma ETEC e uma FATEC em Taboão
    2007 Deputada Analice solicita formalmente implantação da FATEC e ETEC para o Governador José Serra
    2007 O então secretário de Planejamento e vice-governador do Estado, Alberto Goldman autoriza formalmente a implantação da FATEC e ETEC em Taboão da Serra
    Outubro de 2007 A prefeitura de Taboão da Serra não apresenta interesse para receber a Etec e a Fatec no município, gerando o descredenciamento (vide documento acima)
    2008, 2009 e 2010 Deputada Analice propõe emendas no orçamento para o Instituto Paula Souza e particularmente para as instalações da FATEC ETEC em Taboão da Serra.
    2009 O atual secretário de Planejamento o ex-governador Geraldo Alckmin reafirma intenção do governador José Serra para implantar a FATEC e ETEC em Taboão da Serra. Afirmando que o governo precisaria de um prédio que deveria ser doado pela prefeitura
    2010 A deputada Analice continua buscando meios para a instalação da ETEC e da FATEC em Taboão da Serra

    Emprego garantido
    Pesquisas apontam que 90% dos alunos que concluem os cursos na FATEC conseguem emprego imediatamente. O mesmo acontece com 70% dos que concluem os cursos técnicos na ETECs.


    Acompanhe entrevista exclusiva do secretário de Desenvolvimento Geraldo Alckmin sobre as Fatecs e Etecs ao Jornal O Independente em março de 2010, edição 610

    O Independente:A expansão dos ensinos técnico e tecnológico gratuitos, oferecidos pelas Etecs e Fatecs do Centro Paula Souza, é uma das principais bandeiras da Secretaria de Desenvolvimento. Até o final do ano quais são as perspectivas para o Estado?

    Geraldo Alckmin:A meta do governador José Serra é dobrar o número de Fatecs, passando de 26 para 52 unidades, em todo o Estado, além de criar condições para 100 mil novas matrículas em cursos técnicos até o final de 2010. Com relação às Fatecs, atualmente existem 49 unidades em funcionamento, ou seja, já chegamos a 94% da meta. Quanto às Etecs, até o final do primeiro semestre de 2010, superaremos a meta proposta. Hoje, o Centro Paula Souza conta com 183 Etecs em 138 cidades paulistas.

    O Independente: O senhor costuma dizer que os cursos das Etecs e das Fatecs são o ensino que vira emprego. Quais as chances de empregabilidade desses alunos?

    Geraldo Alckmin:O governo do Estado está apostando na qualificação profissional porque o índice de empregabilidade é altíssimo e atinge 73% dos jovens formados pelas Etecs. Nas Fatecs é ainda maior, chega a 93%. Isso significa que, em cada dez estudantes do ensino tecnológico, nove conseguem emprego um ano após concluir o curso. A boa aceitação desses profissionais no mercado é resultado da atuação do Centro Paula Souza, que oferece cursos estrategicamente direcionados à demanda de mão-de-obra da economia local.

    O IndependenteNa sua avaliação, qual é a importância  de oferecer cursos técnicos nas cidades que compõem a Região Metropolitana de São Paulo?

    Geraldo Alckmin:Os municípios da Região Metropolitana de São Paulo concentram um grande número de empreendimentos que demandam mão-de-obra qualificada. Por isso, é fundamental capacitar o jovem que mora nessa região para estimular a geração de emprego e renda na economia local. Sem contar a capital, na Grande São Paulo existem 17 Etecs e 10 Fatecs.  Além disso, graças a uma parceria com a Secretaria de Estado da Educação, foram criadas novas vagas em cursos técnicos em escolas estaduais de ensino formal, no período noturno, sem precisar construir novos prédios. Os cursos são voltados à área de serviços – que tem muita oferta de emprego na atualidade -, como secretariado, contabilidade, administração, marketing, comércio, informática e jurídico. No primeiro semestre de 2010, foram abertas 1.135 vagas de cursos técnicos em escolas estaduais nos municípios da Região Metropolitana. E no segundo semestre, esse número vai crescer ainda mais.

    O Independente: E a ETEC de Taboão, quando deverá acontecer?

    Geraldo Alckmin:ETEC de Taboão da Serra nós dependemos de prédio. A hora que tivermos o prédio é nossa prioridade instalá-la. A de Itapecerica da Serra está surgindo uma oportunidade com um convento, que a DERSA está estudando nos passar o prédio, para reformarmos e adaptarmos.

Mais | Notícias | Todas Cidades | NOTÍCIAS