• Governador Cumprimenta funcionários do Metrô após assinar contrato de iniciação de obras.

    Iniciam-se obras da segunda fase da linha 4-Amarela do Metrô

    O governador Geraldo Alckmin assinou contrato autorizando inicio das obras da segunda fase da Linha 4-Amarela, no dia 24 de março. Essa segunda etapa estende inicialmente a construção de novos acessos, e instalação de equipamentos nas estações São Paulo –Morumbi, Fradique Coutinho, Oscar Freire e Higienópolis-Mackenzie. O prazo contratual para essas quatro estações é para 2014. “Nós vamos tentar antecipar o máximo que nós pudermos. E, dentro de 30 dias, nós assinaremos um outro contrato, que é o contrato da Vila Sônia. É a quinta estação dessa linha 4", disse Alckmin.

    Para concluir esta fase da Linha 4-Amarela será necessário também a construção de trecho em túnel de cerca de 1,5 km para acesso à estação Vila Sônia. O investimento total para a conclusão da Linha 4 será de R$ 1,8 bilhão, assim, o investimento total na Linha 4-Amarela será de R$ 5,6 bilhões, ja incluído R$ 1,8 bilhão da segunda etapa.

    Governador Cumprimenta funcionários do Metrô após assinar contrato de iniciação de obras.

    Durante a execução da obra deverão ser gerados cerca de 1 mil empregos diretos e 3 mil indiretos. A linha terá 12,8 km de extensão e 11 estações. Com a conclusão da segunda fase, a demanda estimada é de cerca de 1 milhão de passageiros por dia, já que a Linha 4 – Amarela bateu seu recorde de passageiros no dia 23 de março chegando a 601 mil.

    Junto ao andamento da segunda fase, a Companhia do Metrô organiza a contratação dos projetos funcional e básico da terceira fase da Linha 4-Amarela, que vai estender o percurso, da estação Vila Sônia até o município de Taboão da Serra, com aproximadamente mais três quilômetros de extensão.

    Estão previstos 15 novos trens, todos equipados com ar-condicionado e recursos de acessibilidade.“Hoje já são 14 e passará a ser 29. Cada trem possui seis carros e são 90 carros a mais com ar-condicionado, câmeras de vídeo, acessibilidade e segurança", ressaltou ainda o governador.

Mais | Linha 4 do Metrô | Todas Cidades | NOTÍCIAS