• Deputada Analice pede investimentos para a Saúde em Taboão

    Secretário Giovani Cerri promete novo tomógrafo para HGP

    O secretário estadual da Saúde, Giovanni Guido Cerri atendeu em uma audiência o prefeito de Taboão da Serra Fernando Fernandes, a secretária do município Raquel Zaicaner e a deputada estadual Analice Fernandes para uma discussão sobre a saúde em Taboão, dia 02 de agosto.

    A deputada Analice solicitou a reunião para solicitar investimentos do Estado. “Estamos fazendo um grande esforço de gestão para melhorarmos a saúde no município, mas precisamos da ajuda do Estado, e este é o meu papel como deputada”, disse a deputada.

    Entre as solicitações encaminhadas pela deputada Analice estão as reformas e ampliação do Hospital Geral do Pirajuçara, com a compra de novos equipamentos, o aumento de consultas realizadas pelo AME em Taboão, além de investimentos para reforma e construção de Unidades de Saúde no município.

    Parte dos pedidos feitos pela deputada será atendida até o final do ano, como a liberação de R$ 1 milhão e 500 mil para a reforma do HGP, e mais R$ 780.000,00 para a compra de equipamentos. O secretário se comprometeu também com recursos para a compra de um tomógrafo.

    As consultas realizadas pelo AME serão aumentadas em mais 20% até dezembro, porém a solicitação do prefeito Fernando Fernandes é que o aumento fosse de 50%. Hoje o AME faz 3.200 consultas mês, com capacidade para fazer 6.000 consultas.

    Outro pedido encaminhado foi para que o Estado financie a construção de uma nova unidade de Saúde no Jd. das Oliveiras, com projeto orçado em R$ 2 milhões e 100 mil reais. “Vamos levar o pedido de Taboão para o governador Geraldo Alckmin, e nos esforçaremos para dar uma resposta positiva”, afirmou o secretário Guido Cerri.

    Fernando Fernandes relata caminho que adotou para a saúde

    O prefeito Fernando Fernandes e a secretária de Saúde, Raquel Zaicaner fizeram uma explanação técnica sobre os novos rumos que a gestão municipal em Taboão está adotando em Taboão.

    “Queremos implantar uma saúde cuidadora e transformar Taboão em um novo modelo de gestão”, disse o prefeito.

    “Explicamos para o Secretário o movimento já feito no Pronto Socorro Municipal com a saída da Iacta, e a entrada da Escola Paulista de Medicina uma instituição séria e competente. Temos um longo caminho a seguir, mas já começamos a dar passos importantes”, disse o prefeito Fernando Fernandes.

    “A saúde foi desmontada e estamos nos esforçando para melhorar as unidades. Conseguimos aumentar de 60 para 107 o número de médicos e precisamos chegar a 200 médicos”, disse o prefeito.

    Secretária de Saúde Raquel Zaicaner, deputada estadual Analice Fernandes, secretário de Estado de Saúde, Giovanni Cerri e prefeito Fernando Fernandes.

     

Mais | Notícias | Todas Cidades | NOTÍCIAS